Warning: mysqli_connect(): Persistent connections are disabled. Downgrading to normal in /usr/share/php/php7_mysql_shim.php on line 66

Warning: mysqli_connect(): Persistent connections are disabled. Downgrading to normal in /usr/share/php/php7_mysql_shim.php on line 66
Minas no Foco – Rodovia AMG-2505, no Triângulo Mineiro, será interditada para obras por 20 dias

Rodovia AMG-2505, no Triângulo Mineiro, será interditada para obras por 20 dias

Redação 30 de setembro de 2021 0

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/minasnofoco/www/wp-content/plugins/facebook-button-plugin/facebook-button-plugin.php on line 731

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/minasnofoco/www/wp-content/plugins/facebook-button-plugin/facebook-button-plugin.php on line 734

Intervenções serão feitas pelo DER-MG em trecho com erosão causada pelas chuvas de 2020

A partir da próxima sexta-feira (01), o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) vai interditar, por cerca de 20 dias, a rodovia AMG-2505 (KM 2,5) para obras de manutenção, devido a uma erosão causada pelas chuvas de 2020. Os serviços no local durarão, aproximadamente, dois meses e contam com investimento de R$ 800 mil. A rodovia é um acesso a BR-262, entre Araxá e Uberaba.

Durante a interdição da AMG-2505, os usuários devem fazer um desvio por cinco quilômetros da BR-262, até chegar ao entroncamento com a LMG-805, de onde seguirão por cerca de mais seis quilômetros até o entroncamento com a AMG-2501. De lá, ainda será preciso seguir no sentido do distrito de Ponte Alta. O desvio tem uma extensão total de 12 quilômetros.

Desde que a erosão na AMG-2505 foi detectada, o DER-MG tem tomado uma série de medidas paliativas para conter o problema. Porém, devido ao tamanho e à complexidade da erosão, foi necessário elaborar um projeto de engenharia para a recuperação definitiva do segmento.

A AMG-2505 é totalmente pavimentada e por ela passa parte do escoamento da produção de cana-de-açúcar de Ponte Alta, rumo às usinas beneficiadoras.

Deixe um Comentário »