Patos avalia modelos para adequar projeto de municipalização do trânsito

Redação 26 de setembro de 2013 0

Municipalização requer investimentos, parcerias e responsabilidades do Poder Público e da iniciativa privada

Patos avalia modelos para adequar projeto de municipalização do trânsitoRepresentantes da Administração Municipal de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, estiveram em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, para conhecer o modelo de gestão municipal do trânsito. O Secretário Municipal de Administração de Patos, Pérsio de Barros, o diretor de Trânsito e Transportes, major Osmar Divino, e o diretor para Educação no Trânsito, Kênio Ferreira, foram recebidos na Setran pelo Secretário de Trânsito e Transportes de Uberlândia, Alexandre de Andrade, e por sua equipe operacional.

“Estamos cem por cento à disposição para ser parceiros com Patos de Minas, como já somos com os municípios de Araguari e Monte Carmelo, que também nos procuraram, interessados em conhecer nosso modelo de gestão municipal de trânsito”, adiantou o Secretário Municipal de Uberlândia.

Uberlândia iniciou a implantação da municipalização do trânsito em 1999; no início de 2000, a cidade passou a administrar e gerir o setor. Desde a municipalização, houve redução de 35% dos acidentes, segundo a Setran.

Doze anos após o processo de implantação, o Município de 750 mil habitantes, de acordo com o último censo demográfico, do IBGE, e com uma população flutuante de cerca de um milhão de habitantes, que são aquelas pessoas de cidades do entorno trabalhando em Uberlândia, tem um modelo consolidado de gestão municipal do trânsito.

A Setran estuda a implantação do talão de multa eletrônico, justamente para minimizar o percentual que prejudica a arrecadação. O Município também tem convênio com a Polícia Militar. “No entanto, esse repasse à PM é simbólico”, diz o Secretário do Fundo Municipal, Roberto César Souza Lopes.

A multa, no entanto, é o último recurso do Município, que realiza campanhas de educação no trânsito; a Setran tem uma “Transitolândia” permanente, onde são desenvolvidas várias ações voltadas à educação no trânsito de crianças e adultos.

Desde que a atual Administração Municipal de Patos de Minas assumiu o governo municipal, uma equipe tem visitado várias cidades que optaram pela municipalização do trânsito. “O objetivo é avaliar os modelos consolidados como o de Curitiba, Uberlândia, Uberaba, etc, para adequação da realidade da nossa cidade”, disse o Secretário Municipal de Administração, Pérsio Ferreira de Barros.

O governo municipal de Patos de Minas tem um projeto amplo para a melhoria do trânsito; corredores de ônibus para dar maior fluidez, principalmente aos veículos que circulam na região central, sistema de zona azul com a instalação de parquímetros, construção do centro de distribuição de mercadorias para evitar a entrada de veículos pesados no perímetro urbano, evitando dessa forma danos à malha viária e alteração no horário de carga e descarga. Vale lembrar que todas essas mudanças tiveram o apoio irrestrito das entidades patenses.

C/ Ascom

Deixe um Comentário »