Ministério da Saúde não repassa doses e vacinação contra raiva de 2014 é adiada

Redação 6 de agosto de 2014 0

Superintendência Regional de Saúde de Uberaba informa que municipios que quiserem, pode comprar vacinas por conta própria

Por Caio Ranieri

Quem costuma vacinar seu cão e gato anualmente nas campanhas organizadas pelo poder público, em 2015, pode preparar o bolso para levar o bichinho numa clínica particular para imunização. O Ministério da Saúde não repassou para o estado as doses para a vacinação antirrábica e com isso, as campanhas em todo país, que normalmente aconteciam em agosto, nesse ano, estão canceladas.

Segundo Maria Amélia da Silveira Martins, Referência Técnica de Zoonoses, da Coordenadoria de Epidemiologia, da Superintendência Regional de Saúde de Uberaba, que abrange as cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, um oficio já foi enviado aos municípios explicando o fato. “Ela foi suspensa para o segundo trimestre de 2015, mas o município que quiser fazer suas campanhas por conta, pode comprar as vacinas. Nada impede”, explica a referência.

Ainda de acordo com Amélia, a explicação do Ministério para não repassar as doses foi “a incerteza no cumprimento do cronograma de entrega das vacinas”, ou seja, não tem a certeza de quando a vacina iria ser entregue ao estado.

Vacinação particular

Vendo a situação, as clínicas veterinárias e casas agropecuárias dos municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, já prepararam o estoque para atender aos proprietários de cães e gatos que devem procurar esses locais para vacinar os pets. Nossa reportagem fez uma investigação em diversas lojas do ramo nas cidades da região.

Pesquisar antes de levar o bichinho para ser imunizado ainda é a melhor opção. Os preços da dose da antirrábica giram em torno de R$ 8,90, R$ 13 e R$ 15, sendo esses os mais baratos, mas os valores de cada dose podem chegar, dependendo da clínica ou casa agropecuária, à bagatela de R$ 28, R$ 30 ou até R$ 35.

Deixe um Comentário »