Para garantir cirurgias e estoque de sangue, Hemonúcleo de Patos de Minas faz campanha de doação

Redação 4 de junho de 2018 0

Local sempre precisa de doações de todos os tipos sanguíneos e alerta que ato de doar sangue pode salvar vidas

O Hemonúcleo de Patos de Minas, que abastece 27 hospitais da região, tem se preocupado com a diminuição de doadores em sua unidade. Com isso, nova campanha é realizada e o pedido para que os voluntários compareçam à unidade para doarem sangue é novamente reforçada, uma vez que em períodos de frio, as doações tendem a diminuir.

Dentre os tipos de sangue, o O- e o O+ são os que apresentam maior demanda de bolsas. Por isso, as doações são importantes para que os estoques possam ser reabastecidos e os hospitais não fiquem sem o fornecimento de sangue e cancelem procedimentos. O núcleo de Patos de Minas atende a muitas cidades, além do município, Lagoa Formosa, Carmo do Paranaíba, Rio Paranaíba, São Gotardo, Vazante, Paracatu, Buritis, João Pinheiro, Serra do Salitre e Unaí dependem do sangue.

A Gerente do Hemonúcleo, Cássia Rodrigues Bontempo, destaca que, além do serviço de coleta de sangue, a unidade ainda realiza os serviços de atendimento ambulatoriais de anemia falciforme, hemofilia e sangria. Ela informa ainda que o agendamento de doações pode ser realizado pelo Disk 155, opção 1 e que informações sobre anemia falciforme, também podem ser obtidas por esse telefone.

O horário de coleta é das 7h às 10h de segunda a sexta-feira. Para doar é preciso estar em boas condições de saúde, levar documento oficial de identidade com foto, ter idade entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de autorização de pais ou responsáveis legais), pesar 50 quilos ou mais, não estar em jejum, ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação, além de não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação.

Deixe um Comentário »