Postos de Patos de Minas, Campos Altos e Bambuí também estão sem combustíveis

Redação 24 de maio de 2018 0

Em Campos Altos, além de combustível, supermercados estão ficando desabastecidos

Foto: Patos em Destaque

Foto: Patos em Destaque

Por Caio Ranieri

Várias cidades do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Centro Oeste de Minas Gerais também estão com rodovias interditadas pela paralisação dos caminhoneiros e os moradores já sofrem com o desabastecimento dos postos de combustíveis, por exemplo.

Em Patos de Minas, segundo informações colhidas em jornais locais, filas se formaram nos estabelecimentos, causando transtornos e lentidão do trânsito em diversos pontos. Cidades próximas de Patos estão com as bombas vazias e na cidade do milho, alguns locais também estão sem os combustíveis. Nas rodovias interditadas, circulam apenas veículos leves, ambulâncias, ônibus, cargas vivas e perecíveis.

Foto: TV KZ/Campos Altos

Foto: TV KZ/Campos Altos

Em Campos Altos, além de combustíveis, os supermercados estão ficando desabastecidos devido a paralisação. Proprietários de supermercados do município não viajaram à Belo Horizonte, o que acaba deixando os locais sem frutas e verduras frescas. Em Bambuí, no Centro Oeste de Minas Gerais, segundo um jornal local, as filas começaram a se formar nos pontos e alguns já estão sem reservas.

Locais interditados

No Alto Paranaíba, há dois pontos de interdição. Um, fica no trevo de acesso às BRs-262 e 452, em Araxá, na Avenida Ministro Olavo Drummond. Outro ponto da 262, no acesso a MG-187, que chega em Ibiá e há pontos de manifestação ao longo da BR 262, como por exemplo, no KM 631, município de Ibiá.

Foto: TV Bambuí

Foto: TV Bambuí

Em Patos de Minas e Patrocínio, na BR-365, há pontos de parada dos caminhoneiros nos KMs 400, 407, 472 e 554, em ambos os sentidos. No KM 470, também da 365, há outro ponto de interdição. Veículos de carga estão sendo parados. Há ainda outro ponto de manifestação no município de São Gotardo, no KM 333 da BR-354.

Em Serra do Salitre, nas proximidades do Distrito de Catiara, no trevo de acesso à comunidade, caminhoneiros permitem apenas a passagem de veículos de passeio, ambulâncias, ônibus e caminhões com cargas perecíveis. A interdição aos veículos de carga está no cruzamento da BR-146 com MG-187.

Deixe um Comentário »