Paralisação: escolas estaduais e municipais amanhecem fechadas

Redação 28 de maio de 2018 0

Rede particular e Uniaraxá mantém as aulas nessa segunda-feira; em Patos de Minas, Fenamilho sofre novas baixas

Por Caio Ranieri

A paralisação dos caminhoneiros continua nas estradas e o final de semana foi de decisões nos governos de Minas Gerais e na Prefeitura Municipal de Araxá. Comunicados enviados por redes sociais e por email cancelaram nessa segunda-feira (28) as aulas em todos as séries. Na rede estadual, a Secretaria de Estado da Educação determinou o cancelamento, alegando que a decisão precisou ser tomada devido à crise de desabastecimento gerada pela paralisação que completa oito dias.

Em Araxá, a Assessoria de Comunicação da PMA enviou nota via email no final de semana e pelas redes sociais, informando o cancelamento nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis), Escolas Municipais das áreas urbana e rural, também por conta do desabastecimento de combustíveis e entrega de gêneros alimentícios, além da segurança e conforto dos alunos e professores.

Capina em Araxá

As equipes de poda e capina trabalham normalmente em Araxá fazendo a limpeza de ruas e praças, nos bairros e Centro. Apesar do acesso ao Distrito Industrial estar interrompido pela greve dos caminhoneiros, a prefeitura disponibilizou um novo local no almoxarifado para dispor o resíduo de poda de grama e árvores. Quando a paralisação for encerrada, o material será levado para o bota-fora.

Transporte coletivo em Araxá

A diretoria da empresa Vera Cruz, que é a concessionária do transporte coletivo, informou no final de semana que as linhas do transporte público urbano de Araxá circulam normalmente nesta segunda-feira, 28 de maio de 2018. Mais informações podem ser obtidas peloc0800 702 1501 ou (34) 3669-2500.

Transporte de alunos

Desde a sexta-feira (25), o atendimento aos alunos da rede municipal de Araxá transportados pela prefeitura ficou comprometido. Por causa da falta de combustível, a Secretaria de Educação precisou suspender a prestação do serviço. De acordo com a chefe do Departamento de Transporte Escolar, Lúcia Soares de Oliveira Borges, ainda na sexta-feira, 25, no período da tarde, os ônibus amarelinhos que atendiam o perímetro urbano, não circularam. Eles levam alunos para o Caic, Luiza de Oliveira Faria, Manoela Lemos, Lia Salgado, Dona Gabriela e Dr. Eduardo Montandon.

Apenas os estudantes da escola municipal Alice Moura, foram atendidos. Eles são transportados por uma empresa terceirizada. Na Zona Rural, o transporte é feito por vans e alguns alunos das escolas que ficam nas regiões do Bosque dos Ipês, Boca da Mata, Itaipu, Miguelinho e Mourão Rachado, não foram levados. Também não houve aula na Escola Municipal Eunice Weaver, que fica na região de Itaipu.

Devido à paralisação dos Caminhoneiros e dos transtornos que tal ação tem trazido, a Prefeitura Municipal de Campos Altos informa alteração no transporte público da área de saúde e educação e Cultura.

Campos Altos

A Prefeitura de Campos Altos emitiu vários comunicados sobre a situação da cidade em relação a paralisação dos caminhoneiros que permanece na região. Na saúde, a gestora da pasta, Janete Elias Borges e o Coordenador de Transportes da área da Saúde, Luiz Galvão, comunicam à população que devido à falta de combustível nos postos de abastecimento da cidade, os atendimentos foram comprometidos, sendo possível atender somente os casos de extrema urgência e aos pacientes que realizam o tratamento de hemodiálise em Araxá.

As consultas e tratamentos de outros pacientes fora do domicílio foram canceladas, sendo necessária a marcação de nova data para reagendamento das consultas.

Na educação, foram feitas mudanças no Transporte Público Escolar, devido à falta de abastecimento. O Transporte Escolar na zona rural do município foi cancelado, sendo canceladas também as aulas para os alunos do meio rural. A Secretaria de Educação ainda informa que para os alunos da cidade, as atividades escolares seguem normais.

A Secretaria de Cultura e Turismo informa aos Congadeiros a alteração na Festa de Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito, que teve início no dia 25 de maio. As festividades comemoradas no dia 26 e 27 de maio foram transferidas para o dia 02 e 03 de Junho, com a sua programação normal, como foi divulgado anteriormente. A medida também foi tomada pela dificuldade de deslocamento de outros grupos de Congado para a cidade.

O Secretário de Desenvolvimento Social, Emerson Silva, informa que por causa do desabastecimento não estão sendo marcadas as viagens regulares. Todas estão suspensas até que a situação seja normalizada.

Patos de Minas

Em nota oficial, o Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas informou que devido a greve dos caminhoneiros, não haverá mais a Exposição de Gado Holandês durante a Fenamilho 2018, pois os animais não conseguem chegar a Patos de Minas.bPelo mesmo motivo, o IV Leilão de Elite que seria realizado do último domingo (27), foi adiado para o dia 03 de junho, às 15h, no Tattersal do Parque de Exposições.

O Governo do Estado encaminhou para a Prefeitura de Patos de Minas, um comunicado informando que os eventos que estavam previstos para acontecer nessa segunda-feira na cidade foram adiados. A entrega de ônibus escolares estava prevista para acontecer no dia 28 de maio às 14h30. E a Comenda Antônio Secundino de São José seria realizada às 18h30. Cerca de 20 veículos já haviam chegado à cidade e estão estacionados no pátio da sede da Prefeitura. Uma nova data ainda não foi agendada pelo cerimonial do Governador Fernando Pimentel.

A empresa responsável pela coleta de lixo na cidade se pronunciou. De acordo com Walter Soares, dono da Conserbrás, as coletas estão garantidas somente até a tarde desta terça-feira (29). Segundo ele, os caminhões foram abastecidos nesse domingo, o que garantirá o serviço, apenas até amanhã. A empresa havia divulgado na semana passada, que os caminhões teriam combustíveis para trabalhar até esse sábado, situação que, felizmente, foi amenizada.

Deixe um Comentário »